Tenha mais segurança na pilotagem

Tenha mais segurança na pilotagem

Para os iniciantes, pilotar uma moto pode não ser uma das experiências mais fáceis. Mas, à medida que o tempo passa, o condutor vai ganhando experiência, prática e consequentemente, perde grande parte do medo e ganha confiança.

No entanto, independentemente do tempo de experiência, a segurança é algo primordial e imprescindível, tendo em vista que um pequeno deslize pode causar um grande acidente. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você tenha mais segurança no momento de pilotar a sua Shineray.

CONHEÇA A SUA MOTO

Claro que dicas são importantes, mas é essencial que você conheça sua moto. Assim, será ainda mais fácil pilotá-la, sabendo que cada modelo é consideravelmente diferente um do outro. Por isso, conhecer sua moto e saber por exemplo, a força que ela tem para fazer uma frenagem brusca, é de extrema importância. Caso tenha comprado a moto recentemente é essencial que você pilote nas proximidades de sua residência para que haja um período de adaptação antes de pilotar em grande fluxo de trânsito, mas se você ainda não tem uma moto e pretende comprar sua Shineray, clique aqui e confira os 10 benefícios de ter uma moto.

PILOTAGEM DEFENSIVA

Os pilotos, principalmente em grandes cidades, precisam diversas vezes “costurar” os carros, e essa manobra é feita por vários quilômetros até que o condutor chegue ao seu destino. Mas, para que esse ato seja feito de maneira saudável, sem que ocorra um acidente, além da atenção, alguns cuidados são importantes; como usar a buzina para alertar a sua proximidade dos veículos, por exemplo, pois isso fará com que os demais carros mantenham determinada distância. Evite também fazer ultrapassagens pelo lado direito do carro, tendo em vista que muitos motoristas não tem a cultura de olhar pelo retrovisor do lado do passageiro quando estão no volante, aumentando assim, as chances de que ocorra um acidente. Além disso, também não é recomendado ficar ao lado de caminhões em estradas, pois é possível que ele faça uma mudança de faixa de forma inesperada.

CAPACETE E ROUPAS APROPRIADAS

Com uso obrigatório, um dos itens de segurança mais importantes é o capacete. Vale lembrar que ele não deve ser desafivelado durante a pilotagem, pois em caso de queda, se não estiver sendo usado corretamente, a sua função protetora não será cumprida.

Muitos pilotos usam roupas inapropriadas que não protegem o corpo, tornando assim, a pele um alvo fácil para ferimentos e lesões em casos de acidentes.

Jaquetas de poliéster e poliamida, botas que cubram o tornozelo, luvas de couro, calças com reforço nos joelhos, ombros e cotovelos, são itens de extrema importância. Pode parecer exagero, mas esse tipo de proteção faz toda diferença.

FRENAGEM

A maneira mais correta e indicada de frear a moto, é utilizando 70% da força do pneu dianteiro e 30% no traseiro. Mas atenção, isso serve para pistas secas, ok? Se ela estiver molhada, o ideal é que você aumente a força da roda traseira e diminua na dianteira, evitando assim o travamento da roda da frente.

Não é recomendado usar a mão toda para acionar o freio enquanto estiver pilotando, mantenha apenas os dedos indicadores e médios no freio. Essa recomendação é feita pois, em casos de desespero, é possível que você aperte com força demais, podendo causar um acidente. E como todos já sabem, atenção redobrada em dias chuvosos é uma regra que deve ser seguida.

POSTURA

Uma das atitudes mais comuns é ficar com os pés para fora ou para baixo. Apesar de ser uma atitude que muitos acham insignificante, ela é bastante perigosa, tendo em vista que seus pés podem raspar em uma lombada ou meio fio. A maneira correta e recomendada de posicionar os pés, é apoiando-os na pedaleira, porque isso dará mais proteção e maior sensibilidade para pressioná-la.

A força deve ser concentrada nas pernas. No momento na pilotagem, deixe os joelhos juntos ao tanque, isso proporcionará mais estabilidade enquanto pilota a sua moto. Além disso, deixe também os braços relaxados, para ter mais conforto na pegada do guidão.

Agora que você se sente mais protegido com nossas dicas, que tal aprender a cuidar a sua moto? Clique aqui e confira.